Dicionário de Paintbal

12g
Garrafas de 12 gramas de CO2, usado também em algumas armas de chumbo e alimenta ainda hoje alguns marcadores, stock class.

ACE (Anti-Chop Eye)
Qualquer sistema de infravermelhos que é usado para detectar a presença de bola na entrada, para evitar o corte da mesma.

Airball
Tipo de Speedball que usa obstáculos insufláveis. Estes têm vários formatos, desde triângulos a quadrados passando pelos cilíndricos.

Anodizar
Processo onde se produz, através de um banho electrolítico, uma camada de óxido na superfície de um metal que funciona como ânodo, de forma a endurecê-lo e a torná-lo mais resistente à corrosão. Este processo dá a cor escolhida aos marcadores de Paintball.

Anti-Sifão
Uma vareta colocada dentro da botija de co2, ligada á válvula, quase num ângulo de 90 graus de maneira a evitar a entrada de líquido no marcador.

Ar Comprimido (HPA – High Pressure Air)
Ar Comprimido (normalmente de 3000 a 5000psi) é usado mais em torneios pelas suas óptimas propriedades em altas cadências. O uso deste tipo de alimentação requer botijas de alta pressão e reguladores para baixar a pressão dentro da botija (3000 ou 4500psi) para a pressão de funcionamento interno do marcador.

ASA (Air Source Adapter)
Qualquer tipo de conector de ar comprimido ou CO2 que utiliza um formato standart de rosca.

Baixa Pressão (Sistema de…)
Utilização de várias peças específicas ou alteradas, que em conjunto baixam a pressão de operação do marcador. Geralmente esta, anda á volta dos 800psi’s, podendo ser reduzida para 200psi’s ou menos, variando de marcador para marcador.
Reduz a força do impacto na bola, o consumo de ar ou co2 e ainda o desgaste e solavanco que o marcador produz após cada disparo.

Blowback
Excesso de gás que escapa á volta do bolt quando se dispara, que pode trazer de volta as bolas para o alimentador, causando baixa cadência de tiro. Usado também em marcadores mecânicos, que usam o co2 para puxar o martelo para trás e preparar a arma para um novo disparo.

Bola de Paintball
A bola é composta por uma casca de gelatina (parecida com a que usamos em alguns comprimidos), preenchida com tinta biodegradável e comestível.

O fabrico de bolas de Paintball é assegurado por uma maquina que usa dois rolos com bandas de gelatina mole, enviado-as para o centro da mesma. Aqui duas rodas dentadas cortam e juntam as duas bandas de gelatina, ao mesmo tempo que é introduzida a tinta. As bolas, ainda muito frágeis, vão endurecendo gradualmente com a diminuição de temperatura atingindo a rigidez necessária. Animação da produção de bolas de Paintball

Bolt
Peça que empurra a bola para a câmera, actuando também como vedante do gás quando o marcador é disparado.
Este, possui um canal por onde o gás, antes de ser vedado, é encaminhado na direcção da bola para que esta seja disparada.

Bottom Line
Local onde normalmente se enrosca a botija, na parte de baixo do marcador. Muito utilizado porque facilita a pontaria e o seu transporte.

Bounce (Bola)
Um impacto onde a bola não rebenta.

Bounce (Gatilho Electrónico)
O bounce nos gatilhos electrónicos é provocado por uma imperfeição eléctrica. O gatilho não é activado ou desactivado, ele envia uma série de impulsos eléctricos sem ordem para a placa. Este provoca uma má interpretação na placa, e esta pensa que foram dados dois tiros. O marcador dá os dois tiros.

BPS (Bolas Por Segundo)
Quantas bolas um marcador de paintball pode disparar por segundo.

Bunker
Objecto/obstáculo no campo que o jogador utiliza para se proteger das disparadas pelos adversários.

Bunker/Dump
Eliminar a curta distância qualquer jogador que esteja escondido num obstáculo.

Burst Disk
Dispositivo de segurança que previne o rebentamento da botija, no caso de a pressão aumentar para níveis não suportados. Este dispositivo foi construído de maneira a danificar-se, a uma pressão inferior ao máximo tolerado pela botija, permitindo que o gás se escape.

BYOP (Bring Your Own Paint)
Podes trazer as tuas bolas de paintball (tinta) para jogar no campo.

CA (Constant Air)
Permite ao marcador utilizar garrafas de CO2, que fornecem constantemente, ao contrário das garrafas de 12gr.

Câmara de expansão
Dispositivo que permite ao CO2 expandir-se antes de ser aproveitado pelo marcador. Previne que o líquido danifique o interior do marcador e os seus mecanismos.

Ciclo
Quando é feito um disparo, um ciclo de eventos faz com que a bola seja disparada do marcador. Normalmente, o martelo é enviado para a frente, atinge a válvula, esta liberta o ar que impulsiona a bola através do bolt e uma parte deste ar é aproveitado para voltar a colocar o martelo no seu local original, para assim se inciar mais um ciclo de disparos.

CO2
Gás Dióxido de Carbono, em estado líquido/gasoso, usado para fornecer energia ao marcador.

CPS (Ciclos por Segundo)
Velocidade a que um marcador completa o seu ciclo de disparo, sem tinta.

Cronógrafo
Aparelho utilizado para medir a velocidade de uma bola de paintball á saída do cano, esta não deve ultrapassar os 300fps (feets per second).

Cup Seal
Peça que faz parte do sistema de valvula, selando-a sob a pressão de uma mola.
Esta peça é deslocada no momento do disparo para deixar fluir o Ar ou Co2, que vai disparar a bola para fora do marcador.

Dead Box (Base)
Local para onde o jogador eliminado se dirije num jogo de speedball. Cada equipa tem o seu, utilizando-o também para o arranque do jogo.

Dead Man Walk
Um jogador que caminha na direcção da Dead Box e/ou aparenta estar eliminado, quando na realidade não o está. Nesta caminhada ele pode eliminar os jogadores adversários.

Delrin
Plástico auto-lubrificante usado em sistemas mecânicos pela sua dureza, leveza e durabilidade. Bastante usado no fabrico de Bolts.

Detent
Dispositivo que previne que a bola se mexa para trás ou para a frente, segurando-a no local ideal para o disparo.

Disparos de Cobertura
Disparos de bastante tinta na direcção do obstáculo do adversário, de forma a que este não se mexa e o seu colega de equipa se consiga movimentar sem ser atingido.

Dois-por-um
Falta/Castigo médio, onde um jogador é eliminado juntamente com outros 2 (normalmente os jogadores mais perto).

Duplo Gatilho
Gatilho que facilita ao jogador, a utilização de dois dedos ao disparar.

Dwell
Dispositivo que controla quando tempo o martelo fica em contacto com a válvula no ciclo de disparo. Este controla (através do tempo de contacto) a quantidade de ar utilizada. Quanto mais tempo for, mais ar é gasto e vice versa. Só usado em marcadores electropneumáticos.

Electropneumático
Mecanismo de activação do ciclo de disparo por solenoide, que é uma valvula de ar activada electricamente.

Eye / Olho
Componente electrónico que é usado para detectar a presença da bola no receptor. Serve para evitar bolas partidas.

FPS (Feet Per Second)
Medida da velocidade a que uma bola de paintball se desloca. 300fps é a máxima velocidade para cumprir as normas de segurança.

Hopper (VL)
Depósito de bolas de paintball, que pode ter uma capacidade de 50 a 300 bolas. Podem alimentar os marcadores por gravidade (máximo 9bps), por agitação (máximo 13bps) ou por motor (máximo 23bps). Existe também um novo sistema inteiramente mecânico que consegue o máximo de 30bps.

Limpar
Acto reprovável de limpar um impacto de tinta, não tem qualquer tipo de fairplay ou de honra.

LPR (Low Pressure Regulator)
Um regulador com uma pressão de saída á volta dos 100psi. Fornece o Solenoid com a pressão exacta para o seu bom funcionamento.

Marcador
Nome original e politicamente correcto, do dispositivo que utilizamos para disparar bolas de tinta.
Na origem do nome está a sua criação com a intenção de marcar arvores e gado, politicamente correcto para não ser chamado de “Arma”, para não ser associado com armas de fogo.

Martelo (Hammer)
Peça que, sob a pressão de uma mola, atinge o pino da válvula, libertando assim o ar ou co2 necessário para se iniciar o ciclo de disparo.

Neutro
Um jogador é colocado neutro, pelo arbitro, quando pensa que este levou um impacto. Faz-se o check paint, na eventualidade do jogador levar um impacto durante esta operação, este não sai de jogo porque está neutro.

O-ring
Anel de borracha, nylon ou de outro tipo de material, utilizado para selar ou vedar o ar ou co2. São utilizados também nos tapa canos, para segurar o mesmo no cano.

Paint Check
Pedido para o árbitro/jogador mais próximo, verificar se fomos eliminados, em zonas do corpo onde não conseguimos visualizar.

Potes
Contentores para carregar bolas extra durante o jogo, geralmente têm a capacidade de 100 a 140 bolas.

Pressão de operação
Pressão utilizada para disparar a bola, tipicamente entre os 200 e os 850psi.

PSI (Pounds per Square Inch)
Medida de pressão.

Regulador
Dispositivo usado para baixar a pressão da fonte, tipicamente de 850 para o valor da pressão de operação do marcador (varia de marca para marca e de modelo para modelo).

Remoto
Mangueiras e conectores para permitir usar a botija de co2 ou ar, sem estar enroscada no marcador. Pode ser colocada nas costas, no battle pack!

Response Trigger
Gatilho especial que utiliza o gás em excesso, do ciclo de disparo, e um piston colocado atrás do gatilho para forçar o gatilho a iniciar a nova sequência de disparo. É ilegal nos torneios e alguns campos porque dispara sozinho com a combinação de re-cock e response trigger.

ROF (Rate Of Fire)
Capacidade de disparo de um marcador. 20 bolas por segundo por exemplo.

Snap Shoot
Tiro muito rápido, que consiste em espreitar fora do obstáculo, disparar poucos tiros para um alvo pré-determinado e voltar á posição inicial.

Solenoid
Dispositivo electrónico que usa magnetos para activar o ciclo de disparo com o toque no gatilho.

Speedball
Tipo de jogo feito em campos pequenos com alguns obstáculos que podem ser pneus, paletes de madeira, bidons, etc. Foi aqui que nasceu o Paintball de competição que hoje usa insufláveis (airball).

Squeege
Ferramenta para limpar a tinta dos canos ou do próprio marcador.

Tapa Canos
Uma peça que se insere á saída do cano para prevenir que uma bola saia, acidentalmente, do mesmo.

Tiro Cego
Usar a trajectória da bola para fazer um tiro em arco, conseguindo assim atingir um alvo que não está á vista.

Tiro seco (Dry Fire)
Fazer o ciclo de disparo com ar mas sem bolas de paintball.

Três-por-um
Falta/Castigo máximo, onde um jogador é eliminado juntamente com outros 3 (normalmente os jogadores mais perto ).

Um-por-um
Falta/Castigo menor, onde um jogador é eliminado juntamente com outro (normalmente o jogador mais perto).

Válvula On/Off
Válvula normalmente colocada na botija de ar ou CO2, para desligar/ligar o fornecimento do gás.

Vávula de Alto Fluxo
Válvula utilizada em sistemas de baixa pressão, tem maior capacidade para alimentar o marcador com ar ou co2.

X Ball
Formato de Paintball baseado em equipas de 5 jogadores, é jogado com 4 partes de 10 minutos cada. Em cada jogo a equipa que conseguir a bandeira ganha um ponto. Em cada uma das 4 partes do jogo, podem marcar-se tantos pontos quanto possível. Entre cada parte há um intervalo de 3 minutos para descanso e re-enchimento de bolas e ar comprimido. Após este intervalo o jogo recomeça com os jogadores que estiverem prontos, cada equipa pode ter 15 jogadores e 1 treinador o qual está autorizado a dar indicações para dentro do campo.

Fonte: http://www.paintugal.com


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: